Castro registra duas mortes em confrontos com policiais no 1º semestre de 2021

0
2965

Da redação 

Por Matheus de Lara /Jornal Página Um

Nessa semana o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), divulgou o levantamento do número de mortes em confrontos com policias civis, militares e guardas municipais, referente ao primeiro semestre de 2021, em todo o Paraná. Conforme relatório, os confrontos resultaram na morte de uma pessoa, em média, a cada 20 horas.

Segundo reportagem do Página Um News o relatório divulgado pela Gaeco constatou que Castro e duas cidades da região, aparecem na divulgação. Somente de Janeiro a Junho, Castro registrou duas mortes em confronto com Policiais Militares, colocando o município na 24ª colocação. Na região, Ponta Grossa aparece na 14ª posição, com quatro mortes, e Telêmaco Borba, na 22ª, com três mortes.

As quatro cidades que aparecem em destaque são Curitiba com 45 óbitos, Londrina com 16, Piraquara com 11 e Colombo com 10 mortes.

Balanço

De acordo com o balanço da Gaeco, no total foram registrados 210 mortes no semestre, o que representa aumento de 14,13% na letalidade policial em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou 184. Não houve registro de mortes causadas por policiais civis, enquanto duas foram originadas em confrontos com guardas municipais em Curitiba.

Já em confrontos envolvendo policias militares, foram 208 mortes, crescimento de 13,66%, ou seja, 25 mortes a mais em comparação a 2020. As intervenções da PM resultaram em 104 vítimas (50%) pardas, 15 (7,2%) negras e 89 (42,8%) brancas. Em relação à faixa etária, 111 vítimas (53,36%) tinham 18 a 29 anos, e 81 (38,94%) possuíam de 30 a 59 anos. Além disso, 11 vítimas (5,29%) na faixa de 13 a 17 anos, duas (0,96%) com 60 anos ou mais e três (1,44%) com idade não registrada.

Com informações MPPR / Foto Divulgação / RPC

Você quer ficar por dentro das notícias de Castro e região? É muito fácil basta clicar no link em azul, curtir e seguir…