Ex-comandante no Haiti sugere levar “juízes” em operações no Rio.

0
279
General Augusto Heleno Ribeiro Pereira no Haiti.
Em meio à polêmica sobre o possível uso de mandados coletivos de busca e apreensão em operações das Forças Armadas no Rio de Janeiro,o ex-comandante brasileiro da missão de paz da ONU no Haiti, general da reserva Augusto Heleno Ribeiro Pereira sugeriu, em entrevista ao UOL, que juízes sejam levados para as operações das forças de segurança durante a intervenção no Rio de Janeiro.
Na opinião do general, os magistrados poderiam conceder ou negar mandados de busca e apreensão individuais ou coletivos no terreno e durante a ação. Segundo ele, esse tipo de medida foi adotada e funcionou bem em operações de forças de paz no Haiti. Heleno defende que o Judiciário dê respaldo a ações mais duras das forças de segurança, inclusive para que militares possam atirar para matar ao avistar e funcionou bem em operações de forças de paz no Haiti.
Heleno defende que o Judiciário dê respaldo a ações mais duras das forças de segurança, inclusive para que militares possam atirar para matar ao avistar suspeitos portando portando fuzis –da mesma forma que ocorria na missão da ONU.
“Eu acho que estava na hora de o Judiciário se tomar de patriotismo e favorecer a ação de quem está do lado da lei.”
Você acha que juízes e promotores, devem acompanhar operações das forças de segurança no Rio?
Augusto Heleno Ribeiro Pereira, general da reserva…