Polícia Civil de Castro prende homem em flagrante por tortura e violência doméstica

0
1450

Da redação Fábio Pinheiro

A Polícia Civil de Castro, na manhã de ontem (15/10), em apoio a uma situação repassada pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) Aconchego, tomou conhecimento que uma mulher estaria sendo vítima de tortura, ameaça e lesão corporal pelo seu marido.

De posse das informações levantadas pelo Setor de Investigações, a superintendência da unidade policial se deslocou até o bairro Santa Clara e efetuou a prisão em flagrante do agressor, de 19 anos, que foi conduzido para a 43°DRP e apresentado à Autoridade Policial de plantão para a formalização dos procedimentos cabíveis.

Segundo relatos da vítima, o autor a torturava de forma física e psicológica. Utilizava agulhas para perfurar a mão da vítima e com uma faca a ameaçava, constantemente, de morte, mas que primeiro quebraria suas pernas.

O motivo para tal violência seria porque o suposto autor não queria que sua mulher saísse de casa para buscar remédio para sua filha, portadora de necessidades especiais, de apenas oito meses.

A Polícia Civil de Castro conseguiu dar uma resposta rápida e efetiva com o trabalho em conjunto com o CREAS Aconchego e ressalta que a PCPR dedica atenção especial ao atendimento das vítimas de violência doméstica.

Com informações via página da Polícia Civil de Castro.

Quer ficar por dentro das notícias de Castro e região? É muito facil basta clicar no link em azul, curtir e seguir…

PUBLICIDADE